MASTER CURING

O uso de Master Curing na cura do concreto

No processo de cura do concreto a umidade é elemento essencial. Se a água presente na mistura é perdida por evaporação, o processo de pega e endurecimento se detêm em conseqüência.

Torna-se necessário prevenir ou repor a perda de umidade durante a fase inicial de hidratação do cimento.

O processo de endurecimento prossegue durante um período longo, mas a maior parte da resistência final é atingida em poucos dias.

No caso de cimento Portland comum, em sete dias. No caso de Cimento Portland de endurecimento rápido, em quatro dias e em um dia no caso de cimento de alto teor de alumina.

Pretendendo obter um concreto de boa qualidade, é de absoluta importância que não haja falta de umidade nestes períodos. O método mais comumente seguido para conseguir esse objetivo é manter a superfície úmida, cobrindo-a com sacaria, terra ou areia, que é, constantemente, regada com água.

Por motivos óbvios, o problema de cura ganha importância especial em países de clima quente, onde existe um período de perda por evaporação da umidade essencial. Em tais condições, o processo de endurecimento pode sofrer interrupções e rachaduras de contração formar-se-ão facilmente, pois o concreto ainda fresco não atingiu força suficiente para resistir, sem rachar, aos esforços produzidos pela contração. Muitas vezes, a manutenção de condições de umidade torna-se um problema constante, ocasionado pela falta de água na localidade das operações.

Por esse motivo, presta-se muito interesse, hoje em dia, especialmente nos EUA, em métodos de cura baseados no uso de agentes seladores. Nestes métodos, uma camada de selador é aplicada à superfície do concreto, tendo em vista a restrição de evaporação da água. Diversos tipos de seladores têm sido experimentados, tais como: soluções asfalto, cêras, resinas, óleos secantes, parafinas e outras substâncias repelentes de água.

A aplicação de Master Curing deve ser anterior a aplicação de endurecedores de superfície à base de silicatos , siliconados ou fluorsilicatos , destinada a aumentar a resistência da superfície à abrasão. Na cura, Master Curing é aplicado em forma de spray com o principal objetivo de formar uma camada superficial seladora que, efetivamente, retardará a perda de umidade durante o período de cura.

Master Curing é aplicado tão logo após o primeiro endurecimento, isto é, quando a superfície comporta, sem marcar, o peso de um homem. Testes comparativos demonstram que esse método controla a evaporação eficazmente, e existe a evidência de que a qualidade final do concreto é superior.

Diversos Estados nos EUA têm aprovado este método de cura e foram emitidas especificações referentes a sua aplicação. A A.S.T.M. ( Sociedade Americana para Testes de Materiais ), publicou uma especificação referente à qualidade do Master Curing, e este fato em si, confirma que o método alcançou aprovação oficial.

1 – Escopo

Estas especificações se referem ao Master Curing que serve para a aplicação em superfícies de concreto, com a finalidade de prevenir a perda de umidade durante a cura.

Composto compatível com silicato de sódio

– Aplicar em forma de solução concentrada.

– Aplicar logo após o primeiro endurecimento do concreto.

2 – Propriedade e Testes

Master Curing terá uma densidade de não menos que 42,47 a 600 F (15,50C).

Cada 100 litros de Master Curing devem tratar, aproximadamente, 1000 m2 de superfície. Faz-se a aplicação apenas uma vez, a não ser que tenha chovido a menos de seis horas, após a aplicação original.

A solução pode ser espalhada no concreto com baldes , regadores ou pulverizadores e depois nivelada com vassoura ou rodo

As vantagens que se enumeram para o processo são

1. Baixo Custo;
2. Simplicidade de aplicação;
3. Economia de mão-de-obra;
4. Não é tóxico;
5. Agente de Cura do concreto;
6. Restringe a evaporação da água.

ANTI SHRINKAGE

Descrição
Produto líquido de cor castanho claro à base de óleos minerais e aditivos especiais, para desforma de concreto.

Utilização
Produto pronto para uso e para ser utilizado em fôrmas de aço ou madeira, reduzindo o custo de limpeza das mesmas. Não é removido pela chuva e melhora o acabamento do concreto, evitando a formação de bolhas.

Equipamentos e Aplicação
DESFORMEX pode ser aplicado com pistola, pulverizador ou esponja, evitando o acúmulo de produto na fôrma. A sua película de proteção deve ser a mínima possível, podendo dar um rendimento de 20 a 60 cm² por litro dependendo da aplicação e natureza da fôrma e absorção.

Cuidado na Aplicação
– Temperatura do substrato até 25ºC
– Temperatura em declínio
– Não diluir
– Não aplicar em excesso
– Não utilizar ferramentas sujas
– Não aplicar em dias de chuvas
– Não aplicar com umidade relativa do ar acima de 85%
– Misturar antes de usar

Embalagem
– Balde de 18 Litros
– Bombona de 100 Litros
– Tambor de 200 Litros

Limpeza de Equipamento
As ferramentas e utensílios usadas no processo deverão ser limpas com MASTER THINNER.

Características Técnicas
Densidade Mínimo 1,00 g / cm³
Viscosidade da Mistura a 25ºC Mínimo 10 “ CF4

Validade
Até 12 (doze) meses após a data de fabricação.

Armazenagem
Lugar abrigado com temperatura de 25ºC , seco e ventilado, nas embalagens originais e intactas.

Instruções de Segurança
É recomendado o uso de luvas, óculos e aventais, evitando a ingestão, contato com olhos e pele. Procure um médico em caso de anomalias.

FLUICON SP

Descrição
Aditivo Superfluidificante. Atende as normas ASTM C-494 e NBR-11.768 tipo SP

Utilização
Recomendado para obtenção de concretos auto-adensáveis e com alta fluidez

Vantagens
Pode reduzir a água em até 25%, resultando em maiores resistências mecânicas e menor permeabilidade dos concretos

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 800 a 2500ml para cada 100kg de cimento

Tipos
SP1 e SP2

MULTICON P

Descrição
Aditivo plastificante e redutor de água multifuncional (atua tanto como plastificante como superplastificante). Atende as normas ASTM C-494 e NBR-11.768 tipo P

Utilização
Recomendado para utilização em concretos onde se deseja manutenção da trabalhabilidade durante um longo período.

Vantagens
Melhora as resistências iniciais e finais do concreto. Mantém a trabalhabilidade por longo período. Pode ser utilizado como plastificante ou superplastificante.

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 300 a 1000ml para cada 100kg de cimento

Tipos
P4 e P5

PLASTICON P

Descrição
Aditivo plastificante e redutor de água. Atende as normas ASTM C-494 e NBR-11.768 tipo P

Utilização
Recomendável para obtenção de concretos com elevada plasticidade, melhor desempenho no estado plástico, endurecido e com pega normal

Vantagens
Reduz a água de amassamento, de segregação e de permeabilidade dos concretos. Melhora as resistências mecânicas, a trabalhabilidade e o acabamento dos concretos

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 150 a 600ml para cada 100kg de cimento

Tipos
P1, P2, P3 e P4

SHIELD MIX

DESCRIÇÃO
Shield Mix é um aditivo anti-desagregante, em pó, ideal para ser misturado à água de amassamento do concreto. Trata-se de um polímero especial, combinado com um super plastificante que se incorpora à água de amassamento promovendo uma massa mais coesa com slump controlado e com redução da própria água de amassamento. O produto final é um concreto mais resistente e durável

É especialmente indicado para favorecer o lançamento, sem comprometimento, de concretos subaquáticos, seja em água doce ou salgada, promovendo uma ação anti-desagregante, isto é, ausente de segregação nos componentes da massa, além da redução da dosagem d’água, aumento da resistência à compressão, redução da permeabilidade e conseqüentemente aumento da durabilidade.

Não contém cloreto de cálcio ou qualquer outro produto corrosivo ao concreto endurecido, sendo compatível com todos os aditivos de uso comercial.

VANTAGENS
· O concreto pode ser exposto a fluxos d’água sem desagregação significativa.

· Elimina de vez aquela necessidade cara e difícil de esgotamento da água de estruturas hidráulicas antes da concretagem.

· Elimina também a necessidade de bombeamento ou o uso de tubos tremil quando o simples lançamento é possível.

· Torna o concreto auto-adensável e auto-compactável.

· Permite um lançamento direto no local de recuperação.

· Excelente performance tanto em água doce quanto salgada.

· Incrementa trabalhabilidade ao concreto sem perda de resistência.

· Altas resistências poderão ser obtidas, de maneira econômica, apenas pelo uso de dosagens padronizadas.

· Incrementa a coesão da massa e reduz a segregação do concreto e a diluição da água.

· Reduz a permeabilidade e aumenta a durabilidade.

· Dispensa o uso de plastificantes e eliminadores d’água.

· Incrementa uma excelente aderência da massa às armaduras e a antigos concretos.

Usos
Recomendamos 1,5kg de Shield Mix (máx. 1% do peso de cimento) para cada metro cúbico de concreto de resistência igual a 300kg/cm2 de modo a se obter estabilidade anti-desagregante e um pequeno aumento no slump de massa. O uso de fume de sílica, juntamente com o Shield Mix, faz aumentar as resistências à compressão, abrasão, lavagem da massa e melhorar significativamente a aderência.

Compatibilidade
Shield Mix é compatível com todos os aditivos de uso padronizado no concreto, no entanto, deve ser misturado separadamente em relação aos demais na mesma massa.

RETARCON PR

Descrição
Aditivo plastificante redutor de água e retardador do tempo de pega. Atende as normas ASTM C-494 e NBR-11768 PR

Utilização
Recomendável para todos os tipos de concretos que necessitarão de elevado tempo de fabricação, transporte, lançamento, acabamento e quando a temperatura ambiente for elevada

Vantagens
Retarda o tempo de pega, melhora as resistências mecânicas e aumenta o tempo de manutenção da plasticidade dos concretos

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 150 a 500ml para cada 100kg de cimento

Tipos
PR1,PX1,PR3,PX3 e PR4

TOP COAT

Descrição do Produto
Retardador de superfície à base de água e membrana de cura. Não necessita de ser coberto com plástico para evitar a perda d’água. Também age como uma “camada protetora” para bordas, cantos, pedras, etc.

Disponível em 10 profundidades de retardo, identificadas por cores e números. Rendimento: aproximadamente 5,5 m²/ l. Uma peça de teste, simulando as condições de trabalho, deve ser feita para a escolha da profundidade correta.

Campo de aplicação
Ideal para pisos e calçamentos moldados in-loco e face superior de painéis pré-fabricados.

Instruções de uso
– Agitar bastante antes do uso.

– Antes do lançamento do concreto, proteger com uma aplicação de TOP COAT todas as bordas e cantos, pedras adjacentes, pavimentos, etc.

– Deixar secar antes do lançamento do concreto. Lançar o concreto e dar um acabamento desempenado ou sarrafeado.

– Aplicar o TOP COAT com um aspersor, a uma razão de 5,5 m²/ l. Utilizar água sob pressão para lavagem.

– Após seco ( 1 a 2 horas após a aplicação ), o TOP COAT fornece excelente proteção contra a chuva. O produto também garante a boa cura sob o vento e altas temperaturas ambientes.

– O concreto deve ser lavado no dia seguinte com água sob alta pressão.

Informações Técnicas
Sem solvente, não inflamável, sem odor. Resistência ao calor de até 50ºC.

Validade e armazenagem
Um ano da data de produção, dentro da embalagem original.

Embalagem
Baldes plásticos de 19 litros.
Tambores plásticos de 210 litros.

Instruções de segurança
Produto à base de água. Não necessita de precauções especiais.

Classificação para transporte
Tinta, base de água, produto não perigoso.

Preparação para uso
1. O material deve ser bem homogeneizado dentro da embalagem;

2. A superfície onde o produto deverá ser aplicado deve estar isenta de água superficial proveniente de exudação.

Utilização do produto
1. O produto deverá ser aplicado por aspersão, com baixa pressão – por exemplo, com o uso de aspersores manuais agrícolas ou de jardinagem;

2. A aplicação deverá ser efetuada em uma única demão, uniformemente sobre a superfície do concreto ainda fresco, com rendimento de 5-6 m²/litro de produto;

3. O concreto a ser utilizado para a exposição do agregado deverá ter baixo fator água/cimento com vistas a não haver exudação e presença de água na superfície do concreto;

4. O concreto lançado deverá ser somente sarrafeado e na seqüência, uma rápida passada de desempenadeira com vistas a uniformizar a superfície. Se não houver água na superfície o material já pode ser aplicado imediatamente;

5. Não é necessário cobrir a superfície;

6. O processo de lavagem, com jato d’água sob pressão deverá ocorrer entre 16 e 24 horas após a aplicação do produto.

Limpeza

O material utilizado na aplicação do produto ou em contato com o mesmo poderá ser limpo com água e não oferece nenhum risco de contaminação.

Cuidados especiais

1. Evitar o excesso de retardador, além do rendimento normal, sobre a superfície. Isso não irá melhorar o desempenho do produto, irá desperdiçar material e ainda causará uma maior demora para se lavar a superfície;

2. Após a aplicação do produto, a superfície não deve ser mexida, sarrafeada ou desempenada;

3. A embalagem contendo o produto deverá permanecer fechada o maior tempo possível, para evitar a evaporação.


FLUICON SP

Descrição
Aditivo Superfluidificante. Atende as normas ASTM C-494 e NBR-11.768 tipo SP

Utilização
Recomendado para obtenção de concretos auto-adensáveis e com alta fluidez

Vantagens
Pode reduzir a água em até 25%, resultando em maiores resistências mecânicas e menor permeabilidade dos concretos

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 800 a 2500ml para cada 100kg de cimento

Tipos
SP1 e SP2

SUPERFLOW AFC

Descrição
Aditivo superfluidificante à base de éter de policarboxilato. Atende as normas ASTM C-494 (tipo A e F ) e C-1017.

Utilização
Recomendado para obtenção de elevadas resistências mecânicas iniciais, especialmente em peças pré-moldadas e concretos de alto desempenho.

Vantagens
Reduz a água de amassamento e mantém a fluidez do concreto sem segregação a exsudação por tempo prolongado, possibilitando a obtenção de elevadas resistências iniciais e maior durabilidade do concreto

Dosagem
Dependendo do tipo utilizado, as dosagens poderão variar de 500 a 800ml para cada 100kg de cimento.

Tipos
Em desenvolvimento

©2019 COPYRIGHT VEDAMINAS por Melt Comunicação

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?